Leucanthemum superbum Crazy Daisy - Margarida Louca Dobrada, Margarida Shasta Dobrada, Double Shasta Daisy, Crazy Da

Nomenclatura botânica: Leucanthemum superbum Crazy Daisy
Nome comum: Margarida Louca Dobrada, Margarida Shasta Dobrada, Double Shasta Daisy, Crazy Daisy
Família: Asteraceae
Origem: América do Norte
Altura: 50 – 70 centímetro
Luminosidade: Pleno sol, sombreamento parcial
Clima: Todas as regiões do Brasil

R$ 39,80

Escolha abaixo quantas sementes por embalagem você deseja?

Descrição

Flor comestível – Flor de corte comercial – Aromática – Melífera – Atraente para pássaros e borboletas – Herbácea perene de floração dobrada no primeiro ano

Leucanthemum superbum, comumente chamada de Margarida Shasta, desenvolvida por Luyher Burbank na década de 1890.

Crazy daisy geralmente cresce cerca de 50 a 60 centímetros de altura. Ela é uma variedade única, conhecida por suas grandes flores dobradas em raios brancos com babados franjados e torcidos em torno de um disco central dourado. Várias flores por haste. Folhas verdes em forma de lanças.

As flores alegres de Margarida Louca são as favoritas para bordaduras em fronteiras ensolaradas, começam a aparecer no início do verão e continuam por vários meses quando fielmente colhidas para decoração de interiores e para nova brotação.

Esta seleção é conhecida por sua tendência prolífica de floração. Recebeu o prêmio RHS para polinizadores.

Excelente e duradoura flor de corte fresca. Muito explorada comercialmente em belíssimos arranjos florais.

A espécie pode ser cultivada em vasos à pleno sol, tolerante ao sombreamento parcial, particularmente em climas quentes de verão ou quando estão sendo cultivadas em solos secos. Exigente em solo que promova boa drenagem. Dividir as touceiras conforme necessário (a cada 2 ou 3 anos) para manter o vigor da planta.

Facilmente cultivada a partir de sementes, prosperam na negligência. Atrai diversos pássaros e borboletas.

Informação adicional

Peso Não aplicável