Cynara cardunculus ssp. Scolymus 'Violetta di Chioggia' (Heirloom) - Alcachofra Violeta Italiana, Alcachofra Sem Espinho, Alcachofra de Vêneto

SKU P-224 Categoria

Nomenclatura botânica: Cynara cardunculus ssp. Scolymus ‘Violetta di Chioggia’
Nome comum: Alcachofra Violeta Italiana, Alcachofra Sem Espinho, Alcachofra de Vêneto
Família: Asteraceae
Origem: Itália
Altura: 100 – 150 centímetro
Luminosidade: Pleno sol, sombreamento parcial
Ciclo até a colheita: 100 – 120 dias

R$ 48,90

Escolha abaixo quantas sementes por embalagem você deseja?

Descrição

‘Violetta di Chioggia’ é uma variedade de herança que vem da região de Veneto, no norte da Itália; esta alcachofra de temporada mais curta e é amada por seus botões roxos levemente alongados.

Planta perene, cujo cultivo ocorreu em Chioggia por volta de 1400-1500. A presença da alcachofra na lagoa veneziana foi provavelmente formada pela variedade “Violet di Chioggia”, mas foi quase completamente destruída por uma geada em janeiro de 1929. Pensava-se até pouco tempo que havia sido extinta. Esse cultivar foi reintroduzido a partir de um velho agricultor italiano de 85 anos.

Os “corações” têm uma rica coloração violeta e são de tamanho médio a grande, são extremamente saborosos e sem espinhos. Uma planta madura produz de 6 a 8 cabeças florais.

Propriedades terapêuticas: Na medicina popular as folhas são utilizadas tanto em decocção (30 g em um litro de água) quanto em infusão, com ação diurética e purificadora do sangue, pois o colerético (regulador do fluxo biliar e hepatoprotetor) estimula a atividade do secreções hepáticas e biliares, trata a insuficiência hepática, é tônico digestivo, desintoxicante, anti-úrico, colagogo e é indicado para a eliminação do colesterol (atua no metabolismo lipídico diminuindo a produção de colesterol). Útil na anemia e falta de apetite.

Nas folhas existem muitas substâncias benéficas: cinarina, o ingrediente ativo com ação colética, flavonóides, princípios amargos como cianopicrina, saponinas, derivados de esteróides, ácidos múltiplos como cafeico, taninos, mucilagens, enzimas e vitaminas A, B e C. Açúcares contêm tipo inulina, portanto, podem ser consumidos com segurança até mesmo por diabéticos. As folhas também contêm uma substância corante verde.

Esta variedade de alcachofras, devido a ausência de espinhos nas brácteas, pode ser consumida fresca, grelhada, cozida ou frita em tempura. Sendo um ingrediente essencial da dieta mediterrânica, a alcachofra desempenha um papel importante na cultura gastronómica e agrícola da Itália. Considerada a alcachofra que reina absoluta na aristocracia italiana.

Informação adicional

Peso Não aplicável