Entada phaseoloides - Trepadeira St. Thomas Bean, Gogo Bean

SKU P-1143 Categorias , ,

Nomenclatura botânica: Entada phaseoloides
Nome comum: Trepadeira St. Thomas Bean, Gogo Bean
Família: Fabaceae
Origem: Havaí, África tropical, Ásia, Austrália
Luminosidade: Pleno sol, sombreamento parcial
Altura: Mais de 20 metros

R$ 78,90

Escolha abaixo quantas sementes por embalagem você deseja?

Limpar

Descrição

Uma trepadeira magnifica que pode ser cultivada em todas as regiões do Brasil.

Esta espécie está intimamente relacionada com Entada rheedii e tem sido muitas vezes confundida com a espécie na literatura. As utilizações das duas espécies são praticamente idênticas.

A planta é uma rica em fonte de saponinas.

Entada phaseoloides, vulgarmente conhecida como ‘St. Thomas Bean’ é possivelmente originária das ilhas havaianas, porém como suas sementes flutuam e podem ser distribuídas pelas correntes oceânicas ao longo de grandes distâncias, sua origem é na verdade, bastante controversa. Encontrada em uma grande variedade de habitats, que pode variar de pântano de água doce, em manguezal até florestas montanhosas, em altitudes até 1,200 metros e, ocasionalmente até 1.800 metros.

Esta espécie tem relação simbiótica com certas bactérias do solo, estas bactérias formam nódulos nas raízes e fixam o nitrogênio atmosférico, utilizado pela própria planta em crescimento e também por outras a sua volta.

Seus caules grossos são usados para cabeamento e as fibras da casca para fabricação de cordas, velas e redes. As lianas fornecem uma seiva potável que é bebida em momentos de necessidade.

As sementes são usadas como amuletos da sorte em biojoias ao redor do mundo.

Nas ilhas de sonda, o óleo extraído das sementes é usado como iluminante. Na Europa as sementes são supostamente usadas para rapé e a madeira para fazer caixas de fósforo e como isca. Nas Filipinas e outros países orientais, tanto as fibras como as sementes são extensivamente usadas como um tônico capilar e tratamentos para o cabelo e couro cabeludo. Na África do sul, as sementes são utilizadas como um remédio para hemorragia cerebral.

A espécie também possui diversos outros relatos com uso medicinal de toda a planta e suas sementes, incluindo aplicações tópicas em uma pomada para o tratamento de icterícia, propriedades antirreumáticas, auxílio na circulação e alivio para distúrbios gastrointestinais.

Informação adicional

Peso Não aplicável