Deinbollia oblongifolia - Saboneteira de duna, Baga de sabão das dunas, Dune soapberry

Nomenclatura botânica: Deinbollia oblongifolia
Nome comum: Saboneteira de duna, Baga de sabão das dunas, Dune soapberry
Família: Sapindaceae
Origem: Moçambique e Kwazulu Natal na África do Sul
Altura: 1,50 – 4,00 metros de altura
Luminosidade: Sombreamento parcial, sombra
Clima: Ver descrição abaixo

R$ 39,80

Escolha abaixo quantas sementes por embalagem você deseja?

Limpar

Descrição

Frutas e folhas comestíveis para humanos – Pequena árvore ornamental – Arbusto ornamental – Melífera de outono e inverno – fonte de alimento outono e inverno para pássaros, abelhas, macacos, borboletas…, Medicinal

Uma rara árvore frutífera de pequeno porte repleta de atributos. Está relacionada com a lichia, longan e rambutã. Porém, é muito mais resistente, tolera solos pobres e é muito mais resistente à seca quando estabelecida. Não possui tanta polpa como os mesmos e as sementes são grandes, no entanto, têm um sabor doce aromático muito agradável, semelhante ao do abacaxi. As mudas começam a frutificar muito jovem, a partir do terceiro ano em cultivo a partir de sementes.

Deinbollia oblongifolia é um arbusto ou pequena árvore com massas de frutas creme claro durante os meses de inverno, é uma excelente espécie para alimentar animais selvagens de jardins, como pássaros, abelhas, macacos, borboletas e etc…

A espécie tem o hábito de crescimento como um arbusto ereto, esparsamente ramificado ou uma pequena árvore esguia, com cerca de 4 metros de altura. As folhas são verde claros quando jovens, tornando-se verde escuras, com nervuras claras.

As flores são brancas a creme, densamente embaladas em grandes inflorescências terminais até 350 milímetros de comprimento, do outono ao início ou meados do inverno. Os botões e hastes das flores são cobertos por pelos aveludados prateados ou dourados.

O fruto é uma baga carnuda arredondada, amarelo creme quando madura, peluda e tornando-se lisa quando madura, aparecendo no inverno até a primavera.

Distribuição e habitat:
Deinbollia oblongfolia cresce em matagais costeiros, florestas, savanas e arbustos de dunas no Cabo Oriental, Kwazulu Natal, Mpumalanga, Limpopo e no Sul de Moçambique.

Curiosidade: “Deinbollia” deve seu nome a Peter Deinboll (1783-1876), um botânico e colecionador de plantas dinamarquês. O nome da espécie “Oblongifolia” significa folhas oblongas.

Usos:
A fruta é consumida por humanos e as folhas são consumidas como espinafre. As sementes fazem espuma na água e são usadas como sabão. Uma infusão da raiz é usada para tratar disenteria. As raízes também são usadas na medicina tradicional para tratar problemas gástricos. A casca em pó é esfregada na testa para aliviar as dores de cabeça.

Ecologia:
As flores são excelente fonte de néctar para abelhas na época do ano onde a maioria de outras espécies se fazem ausentes. Os frutos são consumidos por pássaros e macacos no inverno, onde a maioria de outras espécies também se fazem ausentes. Esta espécie também hospeda muitos tipos de borboletas.

Essa pequena árvore perene é resistente à seca e cresce rapidamente à sombra. Pode ser cultivada em vasos com muito sucesso.

Informação adicional

Peso Não aplicável