Metasequoia glyptostroboides - Redwood Alvorada

Nomenclatura botânica: Metasequoia glyptostroboides
Nome comum: Redwood Alvorada
Família: Cupressaceae
Origem: China
Altura: 40-60 metros
Luminosidade: Sol pleno, meia sombra
Clima: Tropical ameno, tropical de altitude e subtropical

R$ 48,90

Escolha abaixo quantas sementes por embalagem você deseja?

Limpar

Descrição

Esse verdadeiro espetáculo da natureza é uma das três espécies de coníferas conhecidas como sequoias. Um verdadeiro fóssil vivo. Um pinheiro de tirar o fôlego com variação na coloração de suas folhas durante as estações do ano.

Um pouco de história…
O gênero metasequoia foi descrito pela primeira vez como um fóssil da era mesozóica, em 1941, mas em 1943 um pequeno grupo foi identificado e descoberto na China em Modaoxi (atualmente, Moudão, cidade Lichuan, Hubei).

Devido à segunda guerra mundial, foram estudados e finalmente descritos somente em 1948, quando então o Arboretum Arnold na universidade de Harvard enviou uma expedição para coletar sementes e distribuir a diversas universidades e arboretos pelo mundo.

Na cidade de Lichuan, há uma floresta hoje composta por aproximadamente 5.000 árvores de Metasequoia glyptostroboides. Desde a sua descoberta a espécie tornou-se um ponto nacional de orgulho e é simultaneamente protegido sob a lei chinesa e amplamente plantada. Como tal, mas contudo, está criticamente ameaçada na natureza.
Embora o corte de árvores e galhos seja proibido e ilegal, a demanda por mudas de campanhas e coleta de cones foi tão agressivamente sustentada que, chegou ao ponto em que a reprodução natural não está mais ocorrendo na floresta “Redwood Dawn”. E mesmo que a espécie vá continuar a viver em pátios, parques e em estradas por toda a china, o ecossistema da floresta Metasequoia glyptostroboides poderia desaparecer quando as árvores maduras morrerem.

Em 1995, foi criado na Carolina do Norte um centro de preservação a essa espécie, onde as mesmas foram plantadas em um estado natural e podem ser observados e documentados seus registros em estado selvagem, sem que para isso seja necessário viajar para China. O objetivo desse projeto é 1.000-5.000 árvores.
Esse “bosque de preservação” tem abertura agendada para o público somente em 2035.

A espécie prefere seu plantio em solo úmido e bem drenado, não desenvolve bem em solo alcalino ou seco. É bastante tolerante a encharcamento de solo e/ou solos inundados.

O fóssil Alvorada é um exemplar majestoso, um verdadeiro santuário para o seu local de origem, é de crescimento rápido e extremamente ornamental além de fornecer madeira de excelente qualidade.

Informação adicional

Peso Não aplicável