Pinus kesiya (Pinus insularis) - Pinheiro de Khasia, Khasi pine, Benguet pine

Nomenclatura botânica: Pinus kesiya (Pinus insularis)
Nome comum: Pinheiro de Khasia, Khasi pine, Benguet pine
Família: Pinaceae
Origem: Índia
Altura: Entre 30 – 40 metros
Luminosidade: Pleno sol, sombreamento parcial
Clima: Ver descrição

R$ 49,80

Escolha abaixo quantas sementes por embalagem você deseja?

Descrição

Pinus kesiya é um pinheiro de regiões quentes da ásia, o pinheiro dito tipicamente tropical; é nativo da região nordeste da índia.

Seu nome comum em inglês (Khasi pine) é em referência ao seu local de origem na Índia, as montanhas Khasi. Sua distribuição natural se estende para outros países da Ásia, podendo ser encontrado em grande parte da Tailândia, no sul da China, no Vietnam e também nas Filipinas, onde é a árvore predominante na ilha de Luzon e mais comumente conhecido como (Benguet pine).

Nas Filipinas, as plantações de café são muitas vezes estabelecidas sob os estandes naturais do pinheiro de Khasia.

As árvores de pinus kesiya podem alcançar até 40 metros de altura. Possuem tronco reto, cilíndrico e forte. A casca é grossa, castanho escuro, com fissuras longitudinais profundas. Os ramos são robustos e a partir do segundo ano tornam-se avermelhados.

O pinho de khasia é uma importante árvore de madeira em grande parte da Ásia e foi plantada como uma árvore florestal em muitos países da África e Oceania (incluindo a Austrália). É uma espécie de muito rápido crescimento e, como resultado, o uso mais comum é para celulose na indústria de papel (papel kraft da classe A).

A madeira macia e leve pode ser usada para uma ampla gama de aplicações. Além da utilização da madeira tratada para serraria, carpintaria, lenha, produção de papel, celulose e móveis, pinus kesiya apresenta resina de altíssima qualidade. Mas as árvores dessa espécie não a cedem livremente e, portanto, elas não são aproveitadas em grande escala econômica. Na horticultura, seu uso é limitado a alguns jardins botânicos.

Pinus kesiya ocorre em savanas de pinheiros, suportes puros com dossel fechado e florestas mistas de pinheiros, em vales e ao longo de córregos. Ocupa locais mais secos no nordeste da índia, Myanmar e Tailândia, em altitudes geralmente entre 500 e 1.500 metros acima do nível do mar, ocasionalmente para 2.000 metros. Mais ao leste, no Vietnã e na ilha de Luzon, nas Filipinas, a sua variação atitudinal é maior e é encontrada até 2.800 metros acima do nível do mar; em um clima muito mais úmido. Os solos geralmente são arenosos e, é muitas vezes o pioneiro na vegetação secundária desmatada, principalmente causada por incêndios locais.

Em algumas partes de sua gama, a queima repetida e o excesso de pastagem reduzem a regeneração e possivelmente a sua área de ocupação. Em outras partes da sua gama, as florestas são fortemente modificadas para a produção de madeira ou para culturas como o café.

Informação adicional

Peso Não aplicável