Ficus racemosa - Figueira de cacho, Figo de Cacho, Figueira Goolar, Figo do Rio Vermelho, Cluster

Nomenclatura botânica: Ficus racemosa
Nome comum: Figueira de cacho, Figo de Cacho, Figueira Goolar, Figo do Rio Vermelho, Cluster Fig Tree
Família: Moraceae
Origem: Ásia tropical e Austrália
Altura: 12 – 30 metros
Luminosidade: Pleno sol, sombreamento parcial
Clima: Pode ser cultivada em todas as regiões do Brasil.

R$ 45,80R$ 378,90

Escolha abaixo quantas sementes por embalagem você deseja?

Limpar

Descrição

O aspecto mais característico desta árvore são os figos vermelhos em cachos curtos, que crescem diretamente para fora do tronco da árvore. ‘Goolar’ é uma árvore comumente encontrada em cidades e vilas. Perene e com folhas sempre verdes, se estiver próxima a uma fonte de água; caso contrário, em áreas de seca prolongada, torna-se uma espécie decídua (caduca).

Habitats:
Em florestas decíduas abertas, ao longo das margens de rios nas terras baixas, áreas úmidas, próximo a rios e córregos, em altitudes que podem variar de 100 – 1.700 metros acima do nível do mar.

Área de alcance e distribuição:
Ásia tropical, sul da China, subcontinente indiano, Tailândia, Vietnã, Malásia, Indonésia, Nova Guiné, África, Egito, Etiópia, Havaí e Austrália.

As flores são principalmente polinizadas por vespas e, eventualmente por abelhas.

A Figueira Goolar, possui tronco tortuoso e muitas vezes com uma coroa irregular, pode crescer de 12 a 30 metros de altura. O tronco torna-se profundamente reforçado à medida que cresce e pode ter de 40 a 90 centímetros de diâmetro. Diferentemente da Figueira de Bengala ou Árvore de Banyan (Ficus Benghalensis), esta não possui raízes aéreas.

Há mais de 750 variedades de figueira e, nenhuma outra planta influenciou tanto a imaginação no transcorrer da história.
A figueira é reverenciada por vários povos e etnias. Estão presentes ainda em histórias, folclore e ritos de fertilidade.

Árvore extremamente decorativa, um exemplar magnífico, um verdadeiro monumento repleto de histórias.

Usos comestíveis:
Frutas maduras são degustadas in natura ou cozidas. Os frutos são usados em diversas conservas e acompanhamentos de pratos quentes e saladas, assim como também as frutas secas são moídas em uma farinha e misturadas com leite e açúcar para serem degustados como um delicioso café da manhã. Frutos verdes são usados no preparo de bolos e tortas. As folhas são comidas como vegetais e brotos jovens são usados em saladas e em sopas quentes.

Usos medicinais:
As folhas são usadas no tratamento da diarréia. A casca é utilizada no tratamento de hematúria, menorragia e hemoptise. A seiva é um remédio popular em bombaim em aplicações glandulares inflamatórias e na caxumba, assim como também no tratamento da gonorreia. A raiz é mastigada como tratamento de amigdalite.

Usos agroflorestais:
Ficus Racemosa é frequentemente utilizada para fornecer sombra para os cafeeiros. É usada para estabilização de encostas, barrancos e margens de rios, porque produz um sistema radicular profundo e difundido. As folhas fornecem uma cobertura valiosa para solos pobres. Outros usos: o látex é usado na produção de papel resistente à água e como plastificante. A madeira cor de palha é de granulação grossa, leve, macia e porosa; muito durável debaixo da água e portanto, muito explorada para emoldurar poços e lavanderias.

Espécie de rápido crescimento, bastante rústica, podendo ser cultivada em todas as regiões do Brasil à pleno sol ou sombreamento parcial, em solo rico em matéria orgânica, que retenha umidade e proporcione boa drenagem. Resistente à seca e resistente a geadas moderadas. Pode crescer em altitudes desde o nível do mar até 1.700 metros.

A espécie também é muito apreciada na arte do bonsai.

A planta produz frutos durante o ano todo.

Informação adicional

Peso Não aplicável