Ephedra equisetina - Chá Mórmon Equisetina, Éfedra, Ma Huang, Bluestem Joint Fir

SKU P-1414 Categorias , , , ,

Nomenclatura botânica: Ephedra equisetina
Nome comum: Chá Mórmon Equisetina, Éfedra, Ma Huang, Muzei Ma Huang, Bluestem Joint Fir
Família: Ephedraceae
Origem: Ásia central ao noroeste da China
Altura: 1,00 – 1,50 metro
Luminosidade: Pleno sol, sombreamento parcial
Clima: Ver descrição

R$ 58,90

Escolha abaixo quantas sementes por embalagem você deseja?

Descrição

Classificação geral: Ephedra é um gênero de arbustos gimnospermas. As várias espécies de Ephedra são difundidas em muitas terras; nativas do sudoeste da América do Norte, sul da Europa, norte da África, sudoeste e Ásia central, norte da China e oeste da América do Sul.

Em climas temperados, a maioria das espécies de Ephedra crescem em praias ou em solos arenosos com exposição solar direta. Os nomes comuns em inglês incluem Pinheiro Comum, Joint Fir, Chá Mórmon ou Chá Brigham. O nome chinês para espécies de Ephedra é Mahuang.

Plantas do gênero Ephedra têm sido usadas pelos povos indígenas para uma variedade de propósitos medicinais, incluindo tratamento da asma rinite alérgica (também conhecida como febre do feno) e resfriado comum.

Temos muito pouca informação sobre essa espécie (Ephedra equisetina). As notas a seguir são baseadas nas necessidades gerais do gênero. Requer um solo argiloso, bem drenado e plantio em local com exposição solar direta ou sombreamento parcial. As plantas estabelecidas são resistentes à seca, ao frio e tolerantes ao calor. Não são tolerantes a solo úmido e mal drenado.

Comumente conhecido como o Abeto do Galho Articulado Azul (Bluestem Joint Fir), ele muda gradualmente de um verde vibrante para um tom azul-esverdeado suave no final do ano. Seu hábito de crescimento vertical de galhos articulados e quase nus o diferencia dos arbustos de jardim.

No meio da primavera, pequenos cones de pólen amarelos e pontiagudos da planta masculina e cones de sementes da planta feminina brotam dos nós que revestem os caules. Os cones de sementes da fêmea amadurecem para frutos pequenos, carnudos e semelhantes a bagas vermelhas.

Os membros deste gênero contêm vários alcaloides medicinalmente ativos (mas especialmente a efedrina). A efedrina é vista como uma erva impulsionadora do desempenho e, como tal, é uma substância proibida em muitos eventos esportivos, como o atletismo. A efedrina tem uma ação semelhante à adrenalina no corpo.

As hastes podem ser colhidas em qualquer época do ano e são secas para uso posterior. A raiz é anti-hidrótica, baixa a pressão arterial e dilata os vasos sanguíneos periféricos. É usada no tratamento da transpiração noturna e da transpiração espontânea.

Usos comestíveis:
As frutas frescas são consumidas in natura.
.
***É extremamente importante e essencial consultar um profissional de saúde para utilização de toda e qualquer planta com indicação medicinal, muitas delas podem produzir efeitos colaterais quando associadas com qualquer outro medicamento em uso. Todas as informações a respeito das plantas fornecidas em nosso site são única e exclusivamente para fins informativos, ilustrativos e para auxiliar na compreensão do cultivo como um todo.

Informação adicional

Peso Não aplicável