Dracaena draco - Árvore Sangue do Dragão, Dragoeiro, Dragon Tree, Sangue do Dragão

SKU P-476 Categorias ,

Nomenclatura botânica: Dracaena draco
Nome comum: Árvore sangue do dragão, dragoeiro, Dragon Tree, Sangue do Dragão
Origem: Ilhas Canárias, Espanha
Altura: Entre 15 e 25 metros

Mito e simbolismo para o famoso dragão dos jardins…

R$ 48,90R$ 789,00

Escolha abaixo quantas sementes por embalagem você deseja?

Limpar

Descrição

Muitas árvores nos chamam a atenção por seu tamanho, outras por sua forma, outras por sua longevidade. O dragão das Canarias, assombra o homem por tudo isso e muito mais. Já há muitos milênios o misticismo ronda esse belíssimo exemplar, envolta em uma aureola de mistérios até a atualidade. Diz uma antiga lenda, que os dragões ao morrer transformavam-se em Dragons Tree. Este fóssil vivo, é com todo merecimento, o símbolo das ilhas canarias e o maior tesouro da flora espanhola.

Árvore símbolo natural de Tenerife (Ilhas Canárias, Espanha).

Um exemplar em Tenerife fez fama por acreditar-se ter sido, sim infelizmente pois a mesma foi derrubada pelo vento em 1867, a árvore mais antiga no mundo.

Na atualidade, o maior e mais famoso Dragon Tree, encontra-se em “Icod de Los Vinos” (Tenerife), mede 17 metros de altura e 20 metros de perímetro de sua base, seu peso é em torno de 150 toneladas, sem contar com suas raízes. Sua idade vem sendo muito discutida, foi dito poder ter mais de 5 milênios de idade, mas em testes mais recentes, estimou-se que o mesmo tem entre 800 e 1.000 anos em idade, tendo sido declarado em 1927 “monumento nacional de interesse nacional”

A espécie exibe ramificação simpodial. O tronco cresce em linha reta por cerca de dez anos antes da floração e, em seguida, produz o seu primeiro anel de ramos. Sobre cada dez anos, cada eixo dá origem a um outro anel, de modo que a idade de uma árvore pode ser estimada pela contagem do número de pontos de ramificação para alcançarem o dossel.

Espécie tolerante a seca, de fácil germinação e cultivo.

Quando a casca ou folhas são cortadas começam a secretar uma resina vermelha escura, uma das fontes da substância conhecida como o sangue do dragão, usada para tingir madeira, tais como “violinos stradivarius” e também para colorir vernizes.

Folhas e cascas também são utilizadas para fins medicinais.

Sua distinta aparência lhe confere um especial destaque em jardins ao redor do mundo.

Curiosidades:

O museu da cidade em St. Louis tem como apoio estrutural o tronco de Dragon Tree, simplesmente fantástico!!!

Dragon tree foi utilizado como cenário no filme de Marilyn Monroe “Some Like It Hot”, que foi filmado no del em 1958.

Informação adicional

Peso Não aplicável