Afzelia quanzensis - Árvore da Sorte, Mogno da Sorte, Amuleto de Caça

SKU P-846 Categorias , , ,

Nomenclatura botânica: Afzelia quanzensis
Nome comum: Árvore da Sorte, Mogno da Sorte, Amuleto de Caça
Família: Fabaceae
Origem: África
Altura: 35 metros de altura e até 1 metro em diâmetro
Luminosidade: Pleno sol
Clima: todas as regiões do Brasil

R$ 49,80R$ 459,80

Escolha abaixo quantas sementes por embalagem você deseja?

Limpar

Descrição

Espécie protegida na África do sul.

O nome ‘Afzelia’ é em homenagem e honra a ‘Adam Afzelius’, de Uppsala, que vivia na Somália. O nome da espécie; ‘Quanzensis’, é em referência ao rio Cuanza em Angola, onde a árvore foi encontrada pela primeira vez.

A coloração e gramatura da madeira, marrom-avermelhado, mogno, fornecida por essa espécie é extremamente valorizada para construção, pisos e fabricação de móveis de primeira linha. Resistente a brocas, ao apodrecimento ao ar livre e a cupins, pode ser utilizada para postes, cercas, e etc. Na áfrica do sul são muito utilizadas para dormentes.

Suas sementes (lindíssimas, por sinal) encontraram enorme demanda e são exploradas para confecção de joias ao redor do mundo.

Suas raízes fornecem um remédio para esquistossomose e para problemas oculares.

Suas flores são docemente aromatizadas e atraem diversos pássaros.

Em condições apropriadas, suas sementes germinam com facilidade (geralmente no prazo de 15 a 30 dias), taxa superior a 90%, em substrato de boa qualidade, umidade adequada e temperatura apropriada.

A espécie é extremamente resistente à seca, e mais lenta em crescimento em áreas mais frias e que ocorram geadas.

Prefere seu cultivo em solos profundos, arenosos e que promovam excelente drenagem.

As sementes podem ser armazenadas por até 10 anos, quando em local fresco e seco e em temperatura média de 3º c.

Ecologia: Afzelia quanzensis ocorre em uma grande variedade de habitats, na floresta seca, floresta aberta e matagal, até 1800 m de altitude. Prefere solos profundos, arenosos, e também é encontrado em cupinzeiros. Não tolera encharca mento. Ela é frequentemente associada com Brachystegia e Pterocarpus spp. Árvores mais velhas são muito resistentes à seca. Afzelia quanzensis é suscetível ao fogo, pois isso dificulta a regeneração natural.

Crenças populares em torno da espécie:

– Sorte para os caçadores que se banham com a infusão durante a noite da casca e de suas raízes.

***Utilizações:

Madeira:
– Muito resistente ao ataque de brocas e cupins e terrenos alagados.
– Alburno marrom pálido, e cerne escuro, marrom-avermelhado com manchas mais claras.
– Madeira dura, resistente e fácil de trabalhar.

Utilização:
– Construção, portas, persianas, marcenaria exterior em geral, móveis, vagões, dormentes, instrumentos musicais e na construção de barcos.

Uso medicinal:

– Gonorreia, dores no peito, problemas renais, esquistossomose, problemas nos olhos, picada de cobras, afrodisíaco e eczemas de pele.

OBS: As sementes já são enviadas sem o “arilo laranja” (inibidor da germinação) e, prontas para plantio.

Informação adicional

Peso Não aplicável