Cassia roxburghii (Cassia marginata) - Cassia vermelha, Árvore chuveiro vermelho, Ceylon senna, Cassia de Roxburgh, Sen

SKU P-1472 Categorias ,

Nomenclatura botânica: Cassia roxburghii (Cassia marginata)
Nome comum: Cassia vermelha, Árvore chuveiro vermelho, Ceylon senna, Cassia de Roxburgh, Senna do Ceilão
Família: Fabaceae
Origem: Siri Lanka e Sul da Índia
Altura: 12 – 20 metros
Clima: ver descrição
Luminosidade: pleno sol, sombreamento parcial

R$ 49,80

Escolha abaixo quantas sementes por embalagem você deseja?

Limpar

Descrição

Em contraste delicado e com matizes vívidas, as cassias chuveiro, são uma visão belíssima e ninguém pode deixar de se surpreender pela glória de uma cássia em plena floração. Cada uma das variedades tem o seu próprio charme individual, quase indescritível. De relance, é difícil distinguir um do outro, mas cada uma delas possui o seu brilho particular.

A Cássia vermelha, também conhecida como Cassia de Roxburgh e Senna do Ceilão, é nativa do subcontinente indiano e regiões adjacentes do sudeste da Ásia, sul da Índia e Siri Lanka, mais precisamente.

O epíteto específico em latim (roxburghii), é em referência e homenagem ao botânico escocês William Roxburgh.

A Cássia vermelha é uma árvore muito atraente com galhos que se espalham e se inclinam, parecendo estar sobrecarregados pela rica profusão de flores laranja-avermelhadas, por vezes nas cores rosa-salmão, durante toda a primavera e ao longo do verão.

Uma árvore de médio porte, de moderado a rápido crescimento que geralmente alcança entre doze e vinte metros de altura quando madura; com um tronco reto e galhos pendentes em forma de um grande guarda-chuva formando a sua copa.

O fruto que segue é uma vagem castanho escuro, cilíndrico com cerca de 30 a 45 centímetros de comprimento, 2 – 2,5 centímetros de largura, com nós anulares proeminentes; contendo sementes.

É uma espécie melífera e que atrai a fauna silvestre devido à polpa adocicada das vagens.

O florescimento exuberante se destaca na paisagem e é um grande espetáculo amplamente explorado mundo a fora em jardins, praças e grandes parques. Seus longos galhos parecem ser embrulhados em flores nas cores rosa, salmão e vermelhas ou no mix das três cores.

A propagação é geralmente realizada a partir de sementes que germinam prontamente após escarificação e imersão em água à temperatura ambiente, ou ligeiramente amornadas por 24 horas.

Informação adicional

Peso Não aplicável